Prosa Feminina–Chinelos

Olá queridonas!!

Hoje é dia de falarmos sobre nosso universo.

Há um tempo atrás eu falei que o fato de trabalhar em casa me permite escolher uma roupa confortável e um calçado mais confortável ainda, então confessei que não abro mão do meu par de chinelos, seja nos dias quentes, frescos ou frios eu sempre estou com ele.

Sendo assim hoje o post será dedicado a essa peça que toooodo mundo tem independente do modelo.

Pra começar vamos a definição.

O chinelo é um tipo de calçado feito de borracha, PVC, couro, palha, tecido ou outro material. Possui o formato aproximado do contorno de cada um dos pés. A palavra “chinelo” vem do latim medieval *planella, de planus,-a,-um ‘plano’, segundo Corominas, talvez por influência do dialeto genovês cianella (it. pianella, dim. de piano ‘plano’).

Alguns chinelos apresentam uma tira bifurcada com origem entre o dedão e o indicador do pé e que se estendem aproximadamente por 11 centímetros até as laterais do pé. Outros chinelos são formados apenas por uma tira, de largura variável, que passa sobre o peito do pé.

Geralmente os chinelos são calçados de uso doméstico, durante os dias quentes, especialmente no verão, ou como acompanhamento do traje de dormir. Pode também compor parte do traje de banhistas, na ida à praia ou na beira da piscina.

É um importante calçado no contexto de moda dia a dia, principalmente em cidades litorâneas e com clima quente. Suas principais características são os dedos de fora, sem salto (com salto seria uma sandália), e com ou sem tiras no tornozelo. Também são chamadas de rasteiras.
Fonte: Wikipedia

É sabido que se trata de um calçado condenável pelos ortopedistas, veja o porquê:

Chinelos são perfeitos para ocasiões informais, como ficar em casa, ir à praia, à piscina, mas quando falamos de longas caminhadas, os especialistas do pé fazem um apelo: usem sapatos de verdade para fazê-lo (homens, isso também inclui vocês). Eles são também uma péssima ideia para praticar esportes, fazer hiking, ou mesmo usar em longas caminhadas urbanas. Diferentemente de sapatos resistentes, chinelos também não oferecem apoio ao arco dos pés, amortecimento para calcanhares ou absorção de choques, segundo a Associação Médica Americana de Podiatria. Isso também pode resultar em fascite plantar, além de problemas nos joelhos, nos quadris e nas costas.
Fonte: Portal Uai

Fato é que quando estamos em casa o ritmo é outro, então acho que dá para usarmos essas peças tranquilamente. rsrs

Hoje o mercado está tão antenado com essa mania, mesmo contrariando a opinião dos especialistas que além das coleções tradicionais e com estilo, agora fazem parcerias com estilistas, artistas plásticos e designers para deixar qualquer um apaixonado.
Encontramos coleções frutos de parcerias com Romero Britto ou com a marca Italiana Missoni!

Agora separei alguns modelitos.

Linha Colcci

 

Sandálias Inadaia

Havaianas

Para mais detalhes de cada coleção basta clicar no nome ou nas imagens.

Eu me apaixonei por todas, apesar das minhas serem as tradicionais escuras e lisas.

E você também curte um chinelinho? rsrs

Bjkitas mil, obrigada pela visita e comentário.

 Marcela Moreira
Designer Gráfica e Crafter
 
Postei ouvindo: o barulho do ventilador.
 

Aproveitem e visitem a nossa loja clicando aqui.
 

logo_250x250

Deixe uma resposta

%d blogueiros gostam disto: