Eis que chega os 44!

E sim hoje é meu aniversário, não como todos os anos em que passo no meu canto com quem amo, provavelmente estarei com quem amo, mas num momento difícil pra nós, mas já tinha feito esse texto e espero que gostem.

b14619b0e4b3be74cace3a8760a81448

Oiii geeente!

Olha eu aqui fazendo 44 anos, UAUUU!!

Então, apesar desse número não me vejo com essa idade, estranho?

As vezes me questiono se o fato de não ter casado (ainda, o futuro a Deus pertence. rsrs) e/ou não ter tido filhos (não quero) me deixou com imagem de imatura para algumas pessoas.

Olho fotos, escuto as conversas, observo o comportamento de algumas amigas, colegas, conhecidas com essa idade e a maioria me parecem tão mais velhas que eu, e me pergunto sou eu imatura ou a sociedade as forçou a serem assim?

Não estou falando da aparência, até porque hoje agulhas, bisturis e cremes fazem parte do nosso cotidiano, mas falo no geral.

Geral?
Opa o geral não é que estou generalizando, tenho amigas na mesma vibe, sintonia que eu mesmo casadas e com filhos.
Ok, confesso que são raras, mas existem.

Eeeenfim, hoje parei para refletir sobre isso, será que sou eu a meninona ou a sociedade que me trata assim por eu não ter seguido as imposições dela para eu me tornar uma mulher de “verdade”?

Então talvez eu escute: ” Ah Ma, você não casou e fica caçando motivos para se convencer de que está bem com situação e coloca a culpa na sociedade!”
Juro que não!

Pessoas muito próximas a mim sabem que eu estive a com o pé no altar pelo menos 2x e desisti.
Sabem que vivenciei grandes amores que não deram certo, que se eu me esforçasse um pouquinho mais talvez tivesse um marido ou namorido, e cá entre nós para ter filhos basta um momento para faze-los certo?

Sendo assim não é uma reflexão para impor culpa na sociedade, é apenas para entender porque as vezes me pareço mais jovem que muitas mulheres que me rodeiam na mesma faixa etária ou mais novas que eu.

Já falei em vídeos que sou uma solteira bem resolvida, não tenho medo da solidão, não tenho frustração por não ser mãe, só tenho o receio de envelhecer não para o mundo e sim para mim, de apenas esperar a morte chegar porque estou “velha”.

Uma vez conversando com meu sobrinho Matheus eu disse para ele ficar esperto comigo que é capaz de eu chegar na casa dele quando adulto e casado de paraquedas, ele riu e falou que eu era louca e que não duvidava. rsrsrs

2005148Então chego aos 44 anos crendo que serei essa “imatura” que muitos pensam por eu não ter casado e tido filhos, mas confiante que terei uma velhice livre, podendo fazer o que eu quiser e quando quiser!

Que daqui 44 anos eu leia esse texto e concorde comigo de 44 anos.

 

 

Bjkitas imensas e parabéns pra mim!!
Aeeeeeeee!!
Grata, muito grata por ter vocês aqui.

Ma Moreira

Designer Gráfica, Encadernadora e Crafter
Postei ouvindo: Atividade Paranormal – SYFY
Visitem e curtam nossas fanpages para conferirem as novidades por lá!

logos_lojas_thumb[2]

Deixe uma resposta

%d blogueiros gostam disto: